Confira o review de Far Cry 6

Curso Código Milinário


Há três anos, quando comecei a jogar Far Cry 5 para fazer sua análise, tive um misto de emoções quase que repentino, que foi do ápice da empolgação para o limite da decepção em pouquíssimo tempo. O jogo abordava um tema polêmico e atual, com uma introdução surpreendentemente tensa e digna de filmes hollywoodianos. Porém, quando a aventura de fato começa, vemos que a Ubisoft simplesmente não sabe como abordar esses temas de uma forma minimamente profunda e que agregue valor ao jogo. No final, Far Cry 5 era só mais um jogo de tiroteios intensos sem pé nem cabeça.

Por esses motivos, minhas expectativas para Far Cry 6 era zero. Nem mesmo a presença de Giancarlo Esposito como vilão conseguiu me empolgar, e quem assistiu Breaking Bad sabe que se tem uma coisa que esse cara saber ser, certamente é um grande vilão. De uma forma geral, é possível afirmar que Far Cry continua na mesma zona de conforto que se encontra desde o terceiro título, que foi o que levou a série ao patamar que ela se encontra hoje. Contudo, também é notável que houve um esforço mínimo de aprofundar um pouco mais os personagens e toda a trama abordada aqui e isso sim é uma grande surpresa.

Leia a matéria completa no Portal do Nerd, parceiro do Metrópoles.



Source link