Tecnologia

Corretora cripto Binance doa US$ 10 milhões para esforço humanitário na Ucrânia

Curso Código Milinário

[ad_1]

O combate à crise humanitária na Ucrânia vai receber um reforço de US$ 10 milhões oferecidos pela Binance Charity, uma fundação da corretora de criptomoedas Binance. Criada em 2018, a Binance Charity já doou US$ 10 milhões para apoiar projetos que ajudam a lidar com aspectos sociais e ambientais complexos após desastres globais.

A doação será dividida entre as principais instituições intergovernamentais e organizações sem fins lucrativos que atuam na região. Isso inclui o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Alto-comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), a Rede de Ação Estratégica Internacional para Segurança (iSans) e a People in Need.

Binance criou primeiro site de crowndfunding em criptomoeda para a Ucrânia (Imagem: Reprodução/Envato/Twenty20photos)

A empresa lançou, ainda, o primeiro site de crypto crowdfunding, o Ukraine Emergency Relief Fund. Assim, indivíduos podem doar criptomoedas e ajudar refugiados e crianças, bem como apoiar a logística no local com alimentos, combustível e suprimentos. A Binance fez uma doação inicial de 16.042 BNB, a criptomoeda própria da Binance, que equivalem a US$ 6 milhões.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

CZ, fundador e CEO da Binance, destaca que o conflito nos últimos dias chocou a comunidade. “Reunimos nossa rede para oferecer alívio e apoio no campo das necessidades básicas a quem mais precisa”, diz. “Isso inclui levar comida, combustível, outros suprimentos e abrigo para os ucranianos. Estamos usando todos os nossos recursos e os canais governamentais que temos para pedir aos líderes mundiais que acabem com o conflito imediatamente.”

Ações locais na Ucrânia

Em conjunto com o Unicef, a entidade atua com grupos locais que ajudam a agilizar a passagem dos ucranianos pelas fronteiras de dois países vizinhos. As ações atuais incluem fornecimento de suprimentos críticos, água potável, apoio às famílias em deslocamento, proteção infantil, recursos emergenciais de educação e apoio psicossocial.

Organizações beneficiadas já atuam na Ucrânia (Imagem: Reprodução/Pexels/Matti)

O Acnur está na Ucrânia desde 2014 para oferecer socorro essencial e abrigo a indivíduos forçados a fugir. A instituição mantém operações de campo em todo o país e tem armazéns com itens de socorro pré-posicionados e kits de abrigo. A Binance vai apoiar a entidade na oferta de assistência humanitária, jurídica e social, com apoio psicossocial e abrigo de emergência para necessitados.

A Rede de Ação Estratégica Internacional para Segurança (iSans) acolhe refugiados de Belarus na Polônia desde 2020 após a repressão do governo de Lukashenko a protestos democráticos. A organização está bem estabelecida para iniciar as operações de acolhimento a refugiados ucranianos.

Com experiência no apoio a refugiados de guerra, a operação da People in Need na Eslováquia está pronta para abrir caminho crítico para a saída de refugiados. Na Ucrânia, por sua vez, a entidade vai reativar seus centros de saúde e fornecimento de alimentos para aqueles que não podem deixar o país.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo