Entretenimento

Festivais de cinema da Europa retiram filmes russos das programações

Curso Código Milinário

[ad_1]

Cinco dias após o início da ofensiva das tropas russas na Ucrânia, festivais de cinema europeus começam anunciar a retirada de filmes do país governado por Vladimir Putin de suas programações, como forma de protesto à guerra.

Um dos primeiros eventos a tomar essa decisão foi o Festival de Cinema de Glasgow, na Escócia, que não vai mais exibir No Looking Back, de Kirill Sokolov, e de The Execution, de Lado Kvataniya. “Acreditamos que seria inapropriado seguir normalmente com as exibições nessas circunstâncias”, diz um trecho do comunicado divulgado pelos responsáveis pela mostra, que ocorre entre 2 e 13 de março.

O Festival Internacional de Cinema de Estocolmo, que ocorre em novembro na Suécia, também optou pela remoção dos títulos que tenham incentivo financeiro do governo russo em sua programação. “Posicionamento necessário em um momento como esse. As ações da Rússia são inaceitáveis”, declarou Beatrice Karlsson, coordenadora do festival.

Já o festival Internacional de Cinema de Locarno, na Suíça, tomou um posicionamento neutro. A organização afirmou que não deve aderir ao boicote para preservar a “liberdade de expressão e a arte cinematográfica em todas as suas formas”.

0

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos.

[ad_2]

Fonte da Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo