Mundo

Neurodiversidade: o que é e como redes sociais têm ajudado em diagnósticos

Curso Código Milinário

  • Saidata Sesay
  • BBC World Service

Crédito, Chris Madden/Getty Images

Muita gente não conhece ou não conhecia até pouco tempo atrás a palavra neurodiversidade. Mas o termo, usado para descrever as enormes e diversas diferenças existentes no cérebro humano, tem se popularizado cada vez mais.

Parte disso se deve a redes sociais como TikTok, Twitter e Clubhouse, que têm proporcionado espaço para que pessoas possam falar sobre suas diferenças neurológicas.

E não só isso: para muitos, as redes sociais têm sido para muitos a prova que faltava para se darem conta de que são neurodivergentes.

Isso ocorreu principalmente durante a pandemia, quando pessoas com os chamados “cérebros diversos” puderam encontrar comunidades e pessoas na internet com as quais poderiam se relacionar.

Fonte Notícia: www.bbc.com

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo