Mundo

Talebã pede ajuda internacional após terremoto que matou mais de mil pessoas no Afeganistão

Curso Código Milinário

Crédito, EPA

Legenda da foto,

Vítimas do terremoto em hospital em Paktika, Afeganistão. Há ao menos 1,5 mil feridos

O grupo Talebã, que controla o Afeganistão há quase um ano, apelou à ajuda internacional diante da situação de devastação no país, atingido nas primeiras horas desta quarta-feira, 22/6, por um terremoto de magnitude de 6.1 na escala Richter.

Mais de mil pessoas morreram e ao menos outras 1,5 mil ficaram feridas, segundo as autoridades locais.

A província de Paktika, no sudeste do Afeganistão, foi a região mais afetada. Cerca de meio milhão de pessoas habitam a área. O epicentro do terremoto foi a cerca de 44 km da cidade de Khost, mas testemunhas relataram ter sentido os tremores na capital do Afeganistão, Cabul, e até mesmo em Islamabad, capital do vizinho Paquistão.

Equipes da Organização das Nações Unidas (ONU) estão enfrentando dificuldades para fornecer comida e abrigo aos desabrigados. E os esforços para resgatar as vítimas entre os escombros têm sido prejudicados por chuvas torrenciais e granizo.

Fonte Notícia: www.bbc.com

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo