Mundo

A biblioteca que empresta seres humanos em vez de livros

Curso Código Milinário

  • Claire Bates
  • BBC World Service

Crédito, Menneskebibliotekets

Legenda da foto,

Dois leitores, à esq. e à dir., entretidos na leitura de seu livro de carne e osso (meio)

“Transgênero”, “ex-gangster”, “poliamoroso”, “satanista”, “Pai adotivo solteiro”. Esses são alguns dos títulos das obras disponíveis na Biblioteca Humana, em que os volumes são pessoas feitas de carne e osso em vez de papel e tinta.

Os tomos são, na verdade, voluntários que enfrentaram preconceitos em suas vidas por características marcantes. Os leitores podem pegá-los emprestados para uma conversa de meia hora, na qual são incentivadas aquelas perguntas mais incômodas.

A peculiar biblioteca tem “depósitos locais de livros” em cerca de 80 países ao redor do mundo, onde são “publicadas” pessoas, como o crossdresser peruano Jonathan, também conhecido como Samantha Braxton.

Quando um dos bibliotecários da filial de Lima a convidou para se juntar ao acervo, há 5 anos, Samantha já era uma personagem conhecida e, como foi criada para inspirar e fazer com que as pessoas se sentissem bem consigo mesmas, a proposta caiu como uma luva pra ela.

Fonte Notícia: www.bbc.com

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo