Educação

Benefícios do INSS alcançam pessoas depressivas?

Curso Código Milinário

[ad_1]

A falta de interesse, desânimo e mudanças drásticas de humor, são sintomas comprovados da depressão. Um número consideravelmente maior que 300 milhões de pessoas tem sido diagnosticadas com esta doença em todo o mundo.

Não há preferência por idade, classe social ou qualquer característica existente, visto que todos estão vulneráveis. É recomendável que o indivíduo busque auxílio logo na presença dos primeiros sintomas, pois com o agravamento, eventuais pensamentos suicidas podem vir a aparecer.

Entretanto, ela é ramificada em níveis moderados e graves, e tudo dependerá do diagnóstico dado pelo médico especialista, havendo também a possibilidade de uso continuo de remédios para diminuir os sintomas depressivos. Além disso, a ajuda de psicólogos e psiquiatras contribuem para a melhora do paciente.

A depressão gera o acesso ao auxílio do INSS?

Para obter o auxílio do INSS, a pessoa deve estar incapacitada de trabalhar devido ao quadro de depressão ou problemas psíquicos. Mediante a tais situações, o indivíduo terá a oportunidade de se aposentar por invalidez. Contudo, para o INSS, a doença em si não é considerada, mas sim o reflexo dos sintomas causados no cotidiano do trabalhador, tornando-o incapacitado para as atividades trabalhistas.

Se você acha que pode se enquadrar nestas situações, saiba que é necessário passar por uma perícia médica feita pelo INSS. De acordo com os peritos da Previdência Social, é difícil a aceitação no primeiro momento, pois após este procedimento pericial e a confirmação da incapacidade, o indivíduo será apartado temporariamente. Além disso, precisará passar por uma avaliação médica.

Ao cumprir os procedimentos, o INSS analisará o grau e os efeitos provocados pela depressão ou transtorno psicológico. Normalmente só é concedido o benefício a pessoas que apresentam casos extremos de depressão profunda, sem conseguir dar a volta por cima.

Solicitando aposentadoria por invalidez

Primeiramente, é preciso efetuar o agendamento de uma perícia médica. Para isso, você pode entrar no site ou aplicativo Meu INSS, ou até mesmo ligar para o telefone 135 (de segunda à sábado, das 7h às 22h).
No procedimento, serão avaliados os tipos de incapacitação do paciente, como por exemplo, se a incapacidade é temporária ou definitiva.

Raramente é concedida a solicitação de aposentadoria na primeira tentativa. Assim, primeiro será liberado o auxílio-doença, que corresponde à incapacidade temporária, e somente um tempo depois o trabalhador poderá vir a ter acesso à aposentadoria por invalidez.

Saiba o que significa aposentadoria por invalidez

Na aposentadoria por invalidez concedida pelo INSS, é levada em conta a incapacidade do indivíduo que provém de alguma doença ou condição que não lhe permite executar suas ações trabalhistas de forma definitiva.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo