Mundo

Câmara dos EUA aprova lei contra discriminação capilar

Curso Código Milinário

[ad_1]

Crédito, Getty Images

Legenda da foto,

O presidente dos EUA, Joe Biden, diz que ninguém deve ter direitos negados por causa de seu cabelo

A proibição da discriminação racial baseada no cabelo está um passo mais perto de acontecer nos Estados Unidos após uma votação no Congresso.

A Câmara dos Deputados dos EUA aprovou a legislação que busca acabar com a discriminação contra o cabelo natural no trabalho e na escola. O texto ainda precisa ser aprovado pelo Senado.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu aos parlamentares que aprovem rapidamente a lei.

Americanos negros relatam que são muitas vezes tratados injustamente no trabalho e nas escolas por causa de seus cabelos naturais ou pelo uso de tranças e outros estilos.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo