Mundo

Com nova alta da Selic, Brasil só perde para Rússia em juros reais

Curso Código Milinário

[ad_1]

Legenda da foto,

Copom elevou Selic em 1 ponto, para 11,75% ao ano, maior percentual desde 2017

O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central elevou novamente nesta quinta-feira (16/3) a taxa básica de juros brasileira. Com a alta de 1 ponto percentual, a Selic chega agora a 11,75% ao ano, maior patamar desde fevereiro de 2017.

Apenas um ano atrás, em março de 2021, a taxa básica de juros estava em 2%, menor patamar da sua história.

Assim, com uma sequência de nove altas seguidas, a Selic subiu 9,75 pontos em 12 meses, a mais rápida elevação de juros da história recente do país, numa tentativa do Banco Central de conter o forte avanço da inflação.

Com a nova alta dos juros, o Brasil só supera a Rússia — atualmente em guerra com a Ucrânia e alvo de todo tipo de sanção econômica — em juros reais, num ranking de 40 países elaborado pela gestora de recursos Infinity Asset.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo