Mundo

Guerra na Ucrânia: o que Putin precisa para acabar com a invasão

Curso Código Milinário

[ad_1]

  • John Simpson
  • Editor de assuntos internacionais

Crédito, Getty Images

Legenda da foto,

Tanque russo destruído pelas forças ucranianas em Luhansk

Até a pior guerra chega ao fim. Às vezes, como em 1945, o único desfecho é lutar até a morte. Na maioria das vezes, porém, as guerras terminam com um acordo que não satisfaz a ninguém inteiramente, mas pelo menos põe um fim ao derramamento de sangue.

E geralmente, mesmo após os piores e mais amargos conflitos, os dois lados retomam gradualmente seu relacionamento antigo, menos hostil.

Se tivermos sorte, estamos começando a ver o início deste processo acontecendo agora entre a Rússia e a Ucrânia.

O ressentimento, sobretudo do lado ucraniano, vai durar décadas. Mas ambos os lados querem e precisam de paz: a Ucrânia, porque suas vilas e cidades sofreram um terrível golpe, e a Rússia, porque, segundo o presidente ucraniano, já sacrificou mais homens e aparato do que perdeu em suas duas guerras incrivelmente violentas na Chechênia — embora isso seja impossível de verificar.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo