Mundo

Gustavo Petro: o que se sabe sobre o papel do presidente eleito da Colômbia na guerrilha M-19

Curso Código Milinário

  • Atahualpa Amerise – @atareports
  • BBC News Mundo

Crédito, Getty Images

O triunfo de Gustavo Petro nas eleições de domingo (19/6) não é apenas um feito porque esta é a primeira vez que a Colômbia elege um presidente de esquerda. Chama a atenção também o fato de ele ter um passado como ex-guerrilheiro.

Por isso, a vitória dele é vista como mais um passo na evolução de um país que está deixando para trás a fase sombria da violência extrema do final do século 20 e como um símbolo da confirmação do acordo de paz com vários grupos guerrilheiros entre os anos 1990 e 2000.

Já existem algumas gerações que não sofreram com a violência extrema como seus pais e avós. Mas, além disso, a paz deu voz a novas demandas sociais e econômicas, e os cidadãos colombianos, apesar da desconfiança que o passado de guerrilha de Petro desperta em alguns, deram um voto de confiança nas promessas que ele fez sobre reformas estruturais e busca por mais igualdade.

A chegada dele ao poder evidencia também a transformação de um político que, em sua juventude, foi integrante do Movimento 19 de Abril (M-19), grupo guerrilheiro que buscava impor ideias por meio das armas, mas que se diferenciava de outras organizações clandestinas em vários aspectos.

Fonte Notícia: www.bbc.com

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo