Educação

MEC diz que Novo Enem só terá validade após homologação – Notícias

Curso Código Milinário

[ad_1]




Após a divulgação de um documento do CNE (Conselho Nacional de Educação) com as orientações para a aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) alinhado ao novo ensino médio e à BNCC (Base Nacional Comum Curricular), o MEC (Ministério da Educação) enviou uma nota em que afirma que as mudanças só passarão a valer após homologação da pasta.


Por meio de nota, o ministério “esclarece que as atualizações do novo Enem são objeto de discussão, desde dezembro de 2021, de um Grupo de Trabalho presidido pelo SEB (Secretário da Secretaria de Educação Básica) e que possui representantes da sociedade civil e de órgãos como o CNE (Conselho Nacional de Educação) e o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira)”.


De acordo com as informações do MEC, o grupo já realizou 12 reuniões “para chegar a um modelo de consenso entre especialistas e representantes das redes estaduais, universidades e institutos e o próprio CNE”. O ministério ressaltou que a “decisão sobre o novo Enem somente ocorrerá após a conclusão desse Grupo de Trabalho e será amplamente divulgada à sociedade. O parecer do CNE lançado ontem antecipou discussões ainda em andamento no GT, do qual o CNE também faz parte”.


Na nota, a pasta esclarece que “o novo Enem materializa as diretrizes legais da reforma do Ensino Médio, já em vigor, e da BNCC (Base Nacional Comum Curricular).  Sua atualização será fundamental para garantir aos entes federativos e às instituições privadas de ensino maior segurança na implementação do novo Ensino Médio”.




[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo