Mundo

O que investigação revelou sobre caso de professora enterrada no jardim

Curso Código Milinário

[ad_1]

  • Vinícius Lemos – @oviniciuslemos
  • Da BBC News Brasil em São Paulo

Crédito, Arquivo pessoal

Legenda da foto,

Imagem atual do jardim após proprietária da casa ser encontrada enterrada no local

A professora aposentada Carmem Morales foi morta por um homem que trabalhou como jardineiro para ela. Depois, ele enterrou o corpo da vítima e colocou plantas em cima para esconder o crime. Essa foi a conclusão da Polícia Civil sobre a morte da professora aposentada.

Carmem tinha 62 anos e morava sozinha em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Ela desapareceu em agosto de 2013. Anos mais tarde, em janeiro de 2021, uma família que havia alugado a residência dela encontrou a ossada da mulher enterrada no jardim do imóvel.

No fim de julho, a BBC News Brasil contou sobre esse caso. Na reportagem anterior, a família que encontrou a ossada pediu que os nomes fossem alterados no texto porque a apuração sobre o crime ainda não havia sido concluída. Desta vez, os nomes reais serão citados.

A Polícia Civil de Ubatuba voltou a apurar o caso. Em agosto, a investigação foi concluída e apontou o principal suspeito do crime.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo