Mundo

Os argumentos da Justiça para mandar soltar ex-ministro Milton Ribeiro e pastores presos

Curso Código Milinário

Crédito, Luis Fortes/MEC

Legenda da foto,

Ribeiro foi o ministro da Educação mais longevo do governo Bolsonaro

O TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) ordenou nesta quinta-feira (23/06) que o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura sejam soltos.

A informação do habeas corpus concedido pelo desembargador Ney Bello foi confirmada pela BBC News Brasil.

Na decisão, Bello afirmou que o Ministério Público defendeu que fossem adotadas medidas cautelares que não fossem a prisão.

“O próprio órgão acusador ofereceu parecer contrário às prisões, o que demonstra claramente a desnecessidade, pois quem poderá oferecer denúncia posterior ou requerer arquivamento acreditou serem desnecessárias e indevidas as detenções”, diz o texto.

Fonte Notícia: www.bbc.com

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo