Mundo

Quem manda na Petrobras e qual influência o governo pode ter nos preços de combustíveis?

Curso Código Milinário

Crédito, Getty Images

Legenda da foto,

Como acionista majoritário da Petrobras, governo brasileiro tem a prerrogativa de indicar a maioria dos integrantes do conselho de administração que dita os rumos do negócio

A renúncia de José Mauro Coelho à presidência da Petrobras, anunciada na segunda-feira (20/6), levantou muitas dúvidas sobre como funciona a gestão da empresa e até onde vai a influência do governo federal na política de preço dos combustíveis.

Em resumo, a Petrobrás possui um conselho de administração, cujos membros são eleitos pelos acionistas.

A União federal, por ser dona de 50,3% das ações da companhia (ou seja, é acionista majoritária), tem o poder de indicar a maior parte dos conselheiros — que, por sua vez, têm a prerrogativa de escolher quem será o presidente da Petrobras e os sete diretores executivos da companhia.

É justamente esse conjunto de profissionais — na maior parte indicados de forma direta ou indireta pelo próprio governo — que define a política de preços dos combustíveis e eventuais reajustes.

Fonte Notícia: www.bbc.com

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo