tire dúvidas sobre remédio de pressão recolhido pela Medley

Publicidade

[ad_1]

A suspeita de que o uso contínuo de medicamentos da Sanofi Medley com o princípio ativo losartana poderia aumentar o risco dos usuários desenvolverem câncer devido às impurezas encontradas nos comprimidos gerou muitas dúvidas entre os pacientes. O medicamento é um dos mais usados no Brasil para o controle da pressão alta.

O Metrópoles reuniu alguma explicações da farmacêutica, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e de médicos sobre o assunto:

Para que serve a losartana?

A losartana é um princípio ativo usado na fabricação de medicamentos para o tratamento de hipertensão arterial (pressão alta) e insuficiência cardíaca. Também é indicado no tratamento de hipertensão associada a problemas renais.

Quais medicamentos foram recolhidos?

O recolhimento engloba todos os lotes dos comprimidos da Sanofi Medley com losartana na composição:

  • Losartana potássica + hidroclorotiazida 50 mg + 12,5 mg;
  • Losartana potássica + hidroclorotiazida 100 mg + 25 mg;
  • Losartana potássica 50 mg e 100 mg.

Por que apenas os medicamentos com losartana da Sanofi Medley foram recolhidos?

Publicidade

A farmacêutica Sanofi Medley decidiu fazer o recolhimento voluntário e preventivo dos medicamentos com losartana porque foi constatada a presença de impurezas, chamadas de nitrosaminas – acima dos níveis permitidos em medicamentos da classe das “sartanas”.

Que impurezas são essas?

Uma impureza mutagênica é uma substância química que pode causar uma mudança no DNA de uma célula. Segundo o laboratório, “essas mutações podem aumentar o risco de câncer em longo prazo, mas o risco específico dessa impureza causar câncer em humanos é atualmente desconhecido”.

De acordo com a Anvisa, as nitrosaminas são compostos comumente encontrados na água, em alimentos defumados e grelhados, laticínios e vegetais. “Sabe-se que a exposição a esses compostos dentro de limites seguros representa baixo risco de agravos à saúde. No entanto, acima de níveis aceitáveis e por longo período, a exposição às nitrosaminas pode aumentar o risco da ocorrência de câncer”, escreveu a agência em nota.

Melhores dietas para a saúde do coração

0

 

Pacientes medicados com os comprimidos que continham impurezas correm o risco de desenvolver câncer?

Os estudos feitos até aqui ainda não apresentaram dados que confirmem que os produtos que contém a impureza causam uma mudança na frequência ou na natureza de eventos adversos. Mais estudos deverão ser realizados para chegar a uma conclusão.

Por enquanto, a decisão de retirar os medicamentos do mercado foi feita pela própria empresa e é preventiva.

Todos os remédios com losartana fazem mal à saúde?

Não. O recolhimento do remédio da Sanofi Medley não tem relação com o losartana de outros laboratórios, com o losartana genérico, ou com outros medicamentos semelhantes, como a valsartana, a irbesartana e a candesartana, como explicou a médica Ludhmila Hajjar, professora de cardiologia da Faculdade de Medicina da USP, em entrevista ao Metrópoles.

O que as pessoas que usam o medicamento devem fazer?

O primeiro passo é procurar orientação médica sobre a melhor alternativa de tratamento para substituir o losartana da Sanofi Medley. Outras farmacêuticas oferecem produtos similares que continuam disponíveis no mercado.

A própria Sanofi Medley destaca que o risco de descontinuar abruptamente o uso desses medicamentos sem consultar um médico ou sem um tratamento alternativo é maior do que o risco potencial apresentado pelas impurezas em níveis baixos.

Quando os medicamentos serão retirados do mercado?

Os lotes de comprimidos de losartana da marca Sanofi Medley começaram a ser retirados das farmácias em outubro de 2021.

A decisão de retirar o medicamento das farmácias é definitiva?

A Sanofi Medley informou que os produtos passarão por ajustes no Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Após as correções, todos os produtos voltarão ao mercado e sua demanda será regularizada.

[ad_2]

Source link

Publicidade