Educação

Atualize seu CadÚnico para não perder seus benefícios

Curso Código Milinário

[ad_1]

O CadÚnico é uma lista oficial que reúne informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda. Esse registro mostra onde estão essas famílias, quem faz parte delas, qual a situação social e de renda, e até mesmo pessoas em situação de rua podem ser cadastradas.

Leia também: Uma família pode ser excluída do CadÚnico em quais situações? Descubra agora

É através desse sistema que o governo federal, os estados e as prefeituras planejam e incluem pessoas em seus programas sociais. Nesse sentido, o CadÚnico deve ser sempre atualizado pelo cidadão para evitar problemas futuros.

Por exemplo, caso o cidadão comece a trabalhar de carteira assinada, é necessária a atualização do registro com a finalidade de manter a transparência dos fatos. De acordo com o Ministério da Cidadania, o Cadastro Único não é a única base de dados usada para que os brasileiros possam receber algum benefício do Governo Federal. Ou seja, existem outras formas de coletar essas informações, e a falta de atualização pode culminar na perda do benefício.

Auxílio Brasil

Não obstante, caso você receba o Auxílio Brasil e tenha conseguido um emprego, o CadÚnico deve ser atualizado, levando em consideração que o objetivo do programa é justamente incentivar o beneficiado a conseguir um trabalho formal.

Como o benefício é liberado de acordo com a renda per capita, existem casos em que, mesmo estando trabalhando com carteira assinada, a pessoa continua recebendo os pagamentos. No entanto, caso o CadÚnico não esteja atualizado, o governo consegue as informações referentes ao emprego através do Ministério do Trabalho e Previdência, podendo fazer com que o beneficiado perca o auxílio.

Portanto, o Auxilio Brasil permite que uma pessoa beneficiada, quando começa a trabalhar formalmente com uma renda que fique entre R$210 e R$525 per capita, ainda poderá receber o benefício por mais dois anos, além do salário do novo emprego. Todavia, se o valor ultrapassar uma renda de R$525 per capita, o beneficiado será excluído do pagamento do auxílio.

Para receber o Auxílio Brasil, é necessário estar em situação de extrema pobreza, tendo renda familiar mensal per capita de até R$105,00, ou em situação de pobreza, com renda familiar mensal per capita entre R$105,01 e R$210,00.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo