Educação

Confira o passo a passo para resgatar o “dinheiro esquecido”

Curso Código Milinário

[ad_1]

Acaba de ser liberada a consulta e o pedido de resgate para os brasileiros que possuem algum ‘dinheiro esquecido’ em bancos. Por enquanto, podem resgatar os valores os cidadãos nascidos antes de 1968 e empresas também criadas nesse ano.

Leia também: Valores a receber: Você pode ter dinheiro esquecido em fundos públicos e no INSS

Contudo, algumas pessoas relataram estar tendo problemas para conseguir retirar o dinheiro. Segundo o Ministério da Economia, não existem erros no sistema. Entretanto, alguns casos poderiam estar contribuindo para esse problema. Veja:

  • O celular do usuário pode sofrer com limitações e na validação da imagem, que é feita por biometria facial, ocorrem falhas;
  • A imagem poluída prejudica que a identificação seja feita bem feita. Isto é, o usuário pode estar fazendo a foto com diversos objetos em sua volta, e por isso é indicado que ela seja tirada em ambientes neutros.

O Ministério da Economia orienta que a validação deve ser feita nos bancos conveniados ao Governo Federal para evitar contratempos. São eles: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, BRB, Caixa Econômica Federal, Santander e Sicoob. É solicitada a imagem para quem possui contas prata e ouro no Gov.br, que são as mais seguras, visto que são validadas no banco de dados do governo.

Calendário

As consultas de valores e pedidos de resgate devem ser feitas seguindo o calendário abaixo, que considera a data de nascimento do cliente ou de criação da empresa. Confira:

 

Aqueles que já consultaram e foram informados de que possuem recursos receberam uma data para retornar ao site a fim de conferir a quantia disponível e pedir o resgate. Para consultar esses valores, é necessário acessar a conta Gov.br, de nível prata ou ouro.

Passo a passo para consultar e resgatar

  • Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br na data e período informados.
  • Faça login com sua conta Gov.br (nível prata ou ouro).
  • Leia e aceite o Termo de Responsabilidade.
  • Consulte:

a) o valor a receber;
b) a instituição que deve devolver o valor;
c) a origem (tipo) do valor a receber; e
d) informações adicionais, quando for o caso.

  • Clique na opção que o sistema indicar:

a) “Solicitar por aqui” indica que a instituição fará a devolução do valor via Pix, no prazo de até 12 dias úteis:

  • selecione uma das chaves Pix e informe os dados pessoais;
  • guarde o número de protocolo, se precisar entrar em contato com a instituição.

b) “Solicitar via instituição” indica que a instituição não irá devolver por Pix no prazo de até 12 dias úteis, e por isso deve-se entrar em contato via telefone ou e-mail informado para combinar a forma de devolução do valor.

E se eu perder a data para pedir o resgate?

A primeira consulta poderá ser realizada quando a pessoa achar melhor. Se o cliente não acessar, mais uma vez, no período requisitado, terá que voltar no sábado da repescagem, seguindo o calendário, conforme informou o BC.

[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo