Guerra na Ucrânia: Zelensky afirma que 1.300 soldados do país já morreram nos combates

Publicidade

[ad_1]

Crédito, Anadolu Agency

Legenda da foto,

O presidente Volodymyr Zelensky em pronunciamento no dia 8 de março

O presidente Volodymyr Zelensky afirmou neste sábado (12/03) que 1.300 soldados ucranianos morreram nos 17 dias da ofensiva russa dentro do país. Zelensky também disse que entre 500 e 600 integrantes das forças russas se renderam na última sexta (11/03).

A BBC não conseguiu verificar de forma independente os números apresentados pelo presidente ucraniano.Mais cedo, ele declarou que “tropas russas não conseguem ocupar cabeças e mentes” e que a intervenção russa em território ucraniano é “temporária, não para sempre. Tenho confiança nisso”.

Zelensky chamou de “simples terrorismo” a captura por forças da Rússia do prefeito de Melitopol.

Publicidade

Ivan Fedorov estava em um centro de crise na cidade que fica no sudeste ucraniano. Câmeras de circuito de TV registraram o momento, que foi compartilhado em vários posts nas redes sociais.

[ad_2]

Fonte Notícia

Publicidade