Mundo

Reino Unido proíbe portos de permitirem acesso a navios russos

Curso Código Milinário

[ad_1]

O secretário de Estado dos Transportes, Grant Shapps, emitiu um comunicado para todos os portos do Reino Unido informando a proibição do acesso de qualquer navio russo, em razão dos ataques à Ucrânia.

Shapps anunciou a sanção nesta segunda-feira (28/2) em seu Twitter, dizendo: “Hoje escrevi para todos os portos do Reino Unido para que eles não permitam o acesso de qualquer navio registrado, pertencente, controlado, fretado ou operado pela Rússia”.

“Dado a ação de Putin na Ucrânia, deixei claro que esses navios NÃO são bem-vindos aqui”, escreveu.

Decisão foi feita depois que Putin ordenou que militares colocassem equipes nucleares em alerta máximo e a Ministra das Relações Exteriores do Reino Unido, Elizabeth Truss, anunciou um novo pacote de sanções financeiras contra a Rússia.

A Football Association (entidade que controla o futebol na Inglaterra) também afirmou que o país não participará de jogos na Rússia em nenhum futuro próximo.

Sanções

A Rússia sofre uma com uma série de sanções nos últimos dias. Após registrar mais uma desvalorização histórica na moeda, os russos decidiram manter a bolsa de valores fechada na manhã desta segunda-feira e prevê abrir seu mercado financeiro talvez à tarde, oito horas depois do horário usual, de 7h, nesta segunda-feira (28/2).

Nesta segunda, o rublo iniciou a sessão cotado a 118,6 por dólar, com uma queda de 40%. Na sexta-feira (25/2), a moeda já tinha registrado queda expressiva, de 28,77% no valor.

Desde então, novas sanções foram decididas, como a exclusão de bancos da Rússia do principal sistema bancário global, conhecido pela sigla Swift. Sem esse mecanismo, os russos ficam impossibilitados de receber e enviar dinheiro para fora do país. Isso dificulta negociações internacionais, como de importação e exportação, asfixiando a economia do país.



[ad_2]

Fonte Notícia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo